segunda-feira, 22 de março de 2010

DIREITO


Sem maiores delongas
Amo-te
Ponto.
Meu amor é para ti demasiado
Incompreensível
Por teu querer.
Coloque-o
Na geladeira
Em  letargia
Providêncie
Com
Brevidade
A
   Eutanásia imprescindível  
Desse amor 
Sem rumo
E despropositado
Nem assim
Alcançarás o fim.
Contraponto.
Estou de saída.




2 comentários:

João Henrique Salles disse...

Que sofrido isso...

Vanusa Babaçu disse...

Antecipação de sofrimento.