segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

desenho - Vanusa Babaçu


Quando a maré encher,
Quando o outono chegar
Quando tudo já for quadrado
e o espelho d'água
nossa imagem não mais refletir
talvez, os botões já sejam flores
e teu jardim de jasmim
o horizonte pode ser vertical
Qual será mesmo o sentido de tudo
Nesse emaranhado de duvidas
Onde se esconde o amor
Entre minhas coxas
ou escorrega entre os dedos de teus pés
eu acordo com teus beijos
numa terça feira carnavalesca


texto e fotografia: Vanusa Babaçu
ainda é janeiro, 2010



Um comentário:

João Henrique Salles disse...

Lindo, belissímo de uma sensibilidade...

É maravilhoso passar por aqui!

Essa figura não me é estranha (risos)

Babaçu, babaçu